quarta-feira, fevereiro 08, 2006

No campo dos girassóis...


(escrito em um dia 10 de fevereiro de alguns anos passados!!)


Os girassóis que amei estão todos mortos...
Sem meu amor ... sem meus cuidados...
Secos em um enorme campo de labirintos
...sob teu caminho em meus sonhos.

Pétalas e sementes, ressecadas sob o sol,
estas secas aguardam pacientemente o vento...
(meu amor tem o coração de uma criança, cruel e inocente...).

Olho...
Aguardo por uma nova primavera e reencontrar os girassóis que amei...
Distantes e com a primavera se foram os sonhos as sementes e os brotos...
Em meus sonhos abraço pétalas secas regadas por meu próprio sangue.

Uma simples flor pode trazer de volta um sonho?
A vida pacientemente se reprisa e docemente eu choro...

Revolvo sempre a terra com meus próprios pés,
abro nestes restos de labirinto os espaços que levam a outros caminhos...
O vento persegue
... leva-me pra outro caminho próximo à próxima primavera de girassóis...
Sim, o amor me arrebata!

4 Comments:

Blogger Vera&Félicien said...

Paulo,
Hoje gastei moh grana vendo com calma o seu blog inteirinho de cabo a rabo! Que emocao, meu...
deu moh saudades... nem conheco sua casinha nova... assim eu vou chorar...

8:19 AM, fevereiro 19, 2006  
Anonymous Anônimo said...

Adorei seu blog, é bem profundo e verdadeiro, assim como seus desenhos,
aquele da mulher deitada além de bonito me lembrou a obra de E.Schiele...
o solitário também gostei, e da poesia também! sua arte é bonita!
lost.2006@hotmail.com

10:12 AM, fevereiro 22, 2006  
Blogger Vera&Félicien said...

Paulo! Como vc esta? Recebeu meus ultimos emails sobre SABADO 22 de JULHO em Itapoan?
Me responde porfavor!!!!!!!!!
Estou com muitas saudades suas e tenho tempo a bessa pra lembrar e dar risada de nossas aventuras urbanas! Aguardo.

4:11 AM, março 23, 2006  
Anonymous Anônimo said...

Parabéns!!!Uma pessoa com alto teor teórico de imagens e poesias.

10:29 AM, novembro 16, 2006  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home