quinta-feira, julho 21, 2005

Festival de Sanremo, turnê Brasil 1989.

(foi um dos dias mais emocionantes da minha adolescência...)

Antes preciso dizer ao longo de meus 36 anos, gostar da Gigliola Cinquetti , já era exêntrico e um tanto quanto fora de época mesmo em 89, sempre tive um gosto peculiar para musica!
Sempre adorei a Gigliola, desde pequeno (5 anos/vide no tópico “por que gosto da Gigliola...”)
Num belo dia de 1989, houve uma turnê no Brasil, onde os 20 finalistas se apresentariam no ginásio do Ibirapuera, eu tinha 19 anos na época!
Fui o 1o a comprar ingressos, no 1o dia de venda, comprei as cadeiras 14 e 15 da 1a fileira VIP..(ou seja, exatamente na frente do palco!) para mim, uma fortuna na época!
Era treinee de publicitário, ganhava pouco mais de 1 salário mínimo, mas dei um jeito...
Até hoje não sei como consegui comprar Vip, pois só tinha imprensa e artistas na platéia (Juca chaves sentou ao meu lado/hilário).

No dia da apresentação li no jornal que os cantores italianos estavam hospedados no Hilton no centro de SP...não perdi tempo, durante o dia fui pro hotel , lá encontrei no bar do hotel o cantor Peppino di Capri (acredita!) , perguntei a ele onde estava a Gigliola e..”lui ha deto a me: lei è indietro nel ginásio...buona fortuna...”corri pra lá...

Estava todo ansioso, tentando entrar no camarim (na área Vip havia acesso ao corredor do mesmo)...desisti, voltado a minha cadeira, olho, “voilà”...aparece a Gigli, na porta do camarim (cheia de grampos e “bobis” no cabelo) ... a chamei, ela quis voltar (por causa dos grampos&bobis) mas eu fiz cara de cachorrinho pidão e ela então veio até mim.
Havia feito um desenho de seu rosto (por acaso, a mesma imagem da comunidade!), ela adorou!

O choque,
Tinha a referencia das lindas fotos dela nos discos na plenitude de sua juventude (60´s/70´s) e ao olha-la de frente vi uma bela mulher de 40 e poucos anos ...
Gigliola é grisalha, tem várias rugas de expressão, muito magra e frágil ,uns 1,70m de altura, extremamente delicada e tímida, sua pele tão alva e fina que se pode enxergar sua corrente sanguínea!

Foi incrível a sensação de me deparar com o que, para mim um ícone (óbvio que para mim!) meu principal ídolo, minha cantora preferida!

Carregava comigo todos meus discos, ela os autografou e ainda soltou seus cabelos só para fotografar ao meu lado, arranhou um "tipo" de português só para me agradar, me contou de seus 2 filhos e que havia se tornado jornalista!
Foi extremamente carinhosa... depois precisou voltar ao camarim...

Levemente “passado”, voltei ao meu lugar (aquele na 1a fileira), coloquei um a um , meus LPs no chão e admirei por alguns minutos o meu mais novo tesouro ...

Neste momento pensei...
Quantas pessoas gostariam de conhecer seus ídolos preferidos?
Que neste caso é, pouco conhecida no Brasil, quase não canta mais e que em 89 se ouvia; Madonna, RPM, The Cure, etc, e daí ?
Eu tive a sorte, o prazer, eu conheci sim, meu “artista preferido”, minha melhor e grande cantora italiana...
Silenciosamente sorrindo, chorei... (engrenagem)

Depois de alguns minutos, ela se apresentou com 2 bailarinos a musica “Ciao”, estava de blazer de cetim preto e mini saia jeans...
No jornal da Folha de SP , no dia seguinte, duas fotos ilustravam a matéria :
Show de Sanremo em SP,
Grandes artistas como, Peppino di Capri e Gigliola Cinquetti (a mais aplaudida!)
...e o delírio da platéia!
*obs, (a 1a foto era da Gigliola e seus bailarinos a 2a foto era minha, chorando olhando meus discos)...legal né?










*esta foto colorida é atual da Gi...com 59 aninhos!!

2 Comments:

Blogger Enio Giacomini said...

Sua história me arrepiou. Vivi cada momento que vc relatou como se estivesse passando por ele também. Que legal que vc conseguiu seu intento. Parabéns e preserve o teu tesouro, pois é o tipo de história única e decididamente gratificante.

11:37 AM, julho 28, 2005  
Anonymous Gigliola said...

Claro q amei sua história, pois além de me chamar Gigliola e gostar de música italiana, também sou jornalista.

2:21 PM, julho 16, 2006  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home